Devido à actual conjuntura este espaço encontra-se em insolvência por tempo indefinido.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Raid dos Lama Solta (O rescaldo)

Se a chuva que se fez sentir durante a semana antevia um fim de semana adverso à pratica da modalidade rainha, em boa hora escolhemos participar no 10º Raid dos Lama Solta.
Pois é, 5 Bikesurfers (Luís, Ivo, André, Bola e Miguel) rumaram até ao Louriçal para mais uma edição deste Raid, onde as opiniões mais do que eram adjuvantes e não era para menos. Partida da capital (Tocha) por volta das 7:45, depois do Bola apanhar o Ivo e o Miguel, onde o Varanda e o André os esperavam. Um pastel e um café e siga.
Apesar de já se conhecer o local de concentração, a partir da 109 facilmente se encontravam placas a indicar o local. Chegados lá, estacionamento rápido e dorsais levantados sem qualquer problema. Partida, para não falhar, foi à hora certinha.
Quanto ao percurso, bem!! Que percurso!! Primeiro, o estado deste não fez justiça ao nome, o que é bom, a pouca lama que havia libertava-se facilmente dos pneus. As marcações eram mais do que suficientes e diferentes (plástico das embalagens do Pato Real), com placas para tudo e mais alguma coisa. Os trilhos, esses, brutais, nem vale a pena dizer os melhores e a descrevê-los, pois eram todos muito bons e só no terreno é que se vê as horas de trabalho que ali estão. A cereja em cima do topo do bolo, foi a passagem pela fábrica desativada de cerâmica, onde o ambiente era qualquer coisa!!
Quanto à prestação de cada um de nós, o Bola e o André foram para passeio, mesmo assim duro, e os restantes para o Raid, onde se acabou sem qualquer problema mecânico, à exceção do Miguel que conseguiu partir o desviador pelo sítio mais difícil! Para recordar ficam as palavras do Varanda à chegada: “Ai qu’empeno!!”
No final, e porque aqui não se pedala para emagrecer, mas sim para ganhar apetite, o repasto estava divinal!! Uma feijoada de búzios à descrição, para variar, bem regada, com sobremesas para todos os gostos e em quantidade. De destacar, que o Bola nesta etapa dura do dia, foi o 1º a acabar e quase que nos conseguia dar duas voltas de avanço, não fosse o Ivo contra-atacar com mais um disco de feijoada!
Para finalizar umas mines em casa do Varanda para acabar esta jornada! Sem sombra de dúvida, dá vontade de voltar a repetir! (mas em forma eheheh)






PS:Texto escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico, pelo Ivo...eh eh
Abraço

1 comentário:

Ivo disse...

é um misto de acordos!